08 February 2010

Chapa Rebele-se vence congresso da UBES no Piauí


No dia 14 de novembro de 2009, no auditório do CEMJA Prof. Benjamim Batista, aconteceu a etapa estadual do 38 Congresso da União Brasileira de estudantes Secundaristas, entidade nacional que cumpriu históricamente o papel de lutar contra a ditadura militar e o facismo e pela libertação do povo do nosso país, mas que hoje infelismente encontra-se cada vez burocratizada e distante da realidade dos estudantes.
Durante o processo de eleição de delegados para o congresso, a AMES-TERESINA juntamente com a UJR_União da Juventude Rebelião ,percorreram cerca de 45 escolas da capital,realizando eleições diretas para escolha dos delegados, fazendo a defesa do fim do vestibular, mais verbas para a educação,

Ser Jovem é ser revolucionário


A juventude é a fase mais importante de nossas vidas. Queremos conquistar o mundo, mas muitos nos dizem que devemos nos conformar. Nossas aspirações de acesso ao conhecimento e de obter uma profissão se deparam com a péssima educação que nos é oferecida a com a exclusão do vestibular devido a falta de vagas nas universidades.


Ao mesmo tempo vemos o futuro e a vida com que sonhamos esbarrarem na violência crescente, no desemprego que atinge 40% dos jovens, na falta de espaços de lazer, cultura e esporte, na repressão policial nos bairros pobres, e ainda nos dizem que somos o futuro do país.



Acontece que para a sociedade em que vivemos, o capitalismo, tudo tem um único objetivo: a obtenção do lucro. Para garanti-lo, vale deixar milhões de famintos, escolas e hospitais sucateados para cobrar com serviços privados, proliferar as drogas e até mesmo explorar sexualmente crianças e adolescentes, tudo para ampliar lucros e manter os privilégios dos ricos desse país, da burguesia.


Por conta disso é que mesmo o Brasil sendo um dos 10 países mais ricos do mundo, cerca de 50 milhões de brasileiros vivem na pobreza, e essa realidade nenhum programa social consegue esconder. A causa dessa exploração é que um pequeno grupo de ricos e milionários, mantém sob seu controle as terras, fábricas, meios de transporte e os meios de comunicação, enquanto a imensa maioria da população tem que se submeter a trabalhar para aumentar essas riquezas, sem usufruir delas.

Precisamos transformar essa realidade, e só se organizando para lutar por um mundo novo, de igualdade entre os homens e mulheres, em que ninguém sobreviva da exploração do trabalho dos outros e que todos possamos viver em harmonia, é que conseguiremos alcançar esses objetivos. Esse mundo novo é a sociedade socialista e por ela lutamos


Esse é o papel da União da Juventude Rebelião – UJR. Fundado em 1995, a UJR tem se consolidado como uma das principais trincheiras da juventude brasileira, organizando lutas em defesa dos seus direitos e da construção do socialismo no Brasil e no mundo.


A UJR é uma organização que reúne jovens (revolucionários), dispostos a lutar por uma revolução, (e) inspirados nas idéias do marximo-leninismo e no exemplo vivo de Che Guevara, Zumbi, Manoel Lisboa, Mariguella, Olga Benário, Anita Garibaldi, Sônia Angel e tantos outros.


Em especial nesse momento em que tem aumentado a ofensiva do imperialismo sobre a América Latina, com a implantação de bases militares na Colômbia, a reativação da 4° Frota Naval, o golpe em Honduras e tantas outras ameaças patrocinadas pelos grandes capitalistas do mundo, precisamos unir a juventude para lutar contra o imperialismo e pelo socialismo.


A todos os jovens combativos e dispostos a transformar essa realidade a União da Juventude Rebelião faz um convite à luta, um convite a construção de um mundo novo, de um mundo socialista!


Junte-se a nós! Lute pelo SOCIALISMO!