02 August 2011

AMES e UJR organizarão debates sobre a importancia da luta das mulheres!

Em nosso país, as mulheres somam mais de 97 milhoẽs de habitantes, o que significa mais da metade da população brasileira. Mesmo assim, estão entre os que mais sofrem. É comum ouvirmos que para se ter um bom emprego é necessário apenas que se tenha uma boa qualificação profissional, o que na verdade não funciona, principalmente quando se trata das mulheres. Segundo o IBGE, as mulheres passam mais tempo nas escolas que os homens e mesmo assim recebem menos que aqueles que ocupam a mesma função( 73% do salário dos homens), uma grande contradição.
Além disso sofrem com a dupla jornada de trabalho, falta de creches, restaurantes e lavanderias comunitárias, além da violência doméstica, presente na vida de milhões de mulheres em nosso país.
Diante desse quadro, espera-se que seja grande a participação das mulheres nas lutas, mas o que ainda acontece é exatamente o contrário. A participação das mulheres nos sindicatos e outros espaços de luta ainda é muito pequeno se comparado à seu número e quantidade de reivindicações, pois muitas mulheres precisam enfrentar ainda o preconceito e o machismo, o que as afasta muito da organizações de suas lutas.
Nesse sentido se faz cada vez mais urgente a organização das mulheres para destruir esse sistema, o capitalismo, que as explora e lhes tira a dignidade, e construir uma sociedade mais justa e de verdadeira igualdade entre os seres humanos, sejam homens ou mulheres.




1 comment:

Deiia said...

É continuar fazendo esse trabalho de conscientização companheiros(as) e colocar as mulheres no fogo da luta e lhes apresentarem grandes exemplos de revolucionárias que ainda são desconhecidas a 80% da população feminina infelizmente como é o caso de : OLGA BENÁRIO,ANITA GARIBALDI,YARA,SÔNIA dentre tantas outras
São flores,são armas!
Mulheres em ação!
Unidas na Luta pela REVOLUÇAÕ !